BLACK FRIDAY

  • -

BLACK FRIDAY

Categoria : Sem categoria

A Black Friday ganhou popularidade na Filadélfia (EUA) e os lojistas conseguiram ter lucro nessa época e para eles essa data marcava o início da temporada de compras para o natal, com preços lá embaixo, as pessoas podiam comprar mais e mais.

 

Data gerou “inveja” e ganhou o mundo. Depois de ter conquistado outros países, no Brasil não foi muito diferente, em 2010, a Black Friday foi adotada pelas lojas online e movimentou economia bem significativa.

 

Mesmo ter caído no gosto dos consumidores e das empresas no Brasil, de todas as categorias, e por gerar uma certa desconfiança, os Órgãos de Defesa do Consumidor também estão atentos e fazemos orientações: da veracidade da promoção e do aumento de número de reclamações nesse período. E um dos motivos de desconfiança e reclamação estão na “maquiagem do desconto”, quando se aumenta o preço antes da data para, em seguida, aplicar o desconto.

 

Foi enganado? Procure o PROCON ou ligue 151.

 

Dicas para aproveitar a Black Friday:

 

1. Faça lista de compras dos produtos que você realmente precisa, isso evita o excesso de consumo. Comece a pesquisar uns dias antes, pois alguns dos descontos começam a surgir mesmo uma semana antes;

 

2. Quando tratar de lojas eletrônicas, compre em sites que tenham cadeado de segurança e manter o antivírus atualizado. Busque informações no CONSUMIDOR.GOV ou SINDEC NACIONAL. Salve os e-mails trocados com o fornecedor, pois são comprovantes, para o caso de troca ou do não recebimento do produto. Cuidado, o consumidor tem o prazo de 7 (sete) dias para se arrepender de compra feita pela internet, independentemente da política de trocas e devoluções do estabelecimento comercial. O prazo começa a contar a partir do recebimento do produto. Exija a nota fiscal;

 

3. Nas lojas físicas, o consumidor deve comparar os preços, procurar a melhor oferta. Exija nota fiscal.